UNIFEMM recebe 10ª Mostra de Cinema e Direitos Humanos

06/03/2016
Notícias Unifemm

Pelo segundo ano consecutivo, o UNIFEMM foi selecionado para sediar aMostra de Cinema e Direitos Humanos em Sete Lagoas, que acontece até o dia 15 de junho. Em 2016, a iniciativa completa 10 anos e chega a todas as capitais do Brasil, além de 1000 locais, entre instituições de ensino, pontos de cultura ou cineclubes. Seis filmes selecionados farão parte da mostra na cidade com diversos temas ligados sempre aos Direitos Humanos, de Registro Civil de Nascimento ao Direito da População Afrodescendente.

Criado em 2006, a Mostra de Cinema e Direito tem o objetivo de consolidar a cultura e a educação em Direitos Humanos, de forma ampliar os espaços de debates e discussão por meio do cinema. Desta forma, o projeto propõe contribuir para a formação de uma nova mentalidade coletiva para o exercício da solidariedade, do respeito às diversidades e da tolerância. “A linguagem do cinema nos ajuda a revisitar e trabalhar essas representações sociais, não somente do discurso direto, mas também de formas mais sutis, muitas vezes por meio de apenas uma imagem, ou por meio de ficção”, observa a Ministra de Estado das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos, Nilma Lino Gomes, uma das responsáveis pelo projeto. Em 2015, o UNIFEMM realizou a mostra na sede da Associação Comercial e Industrial – ACI, e incentivou os debates dos temas após a exibição.

Entre as seis obras selecionadas para 2016, estão três longas metragens, um de média metragem e dois curtas metragem. Estarão na Mostra os filmes “Felix, o herói da Barra” de Edson Fogaça, “500 – Os bebês roubados pela ditadura Argentina” de Alexandre Valenti, “Porque temos esperança” de Susanna Lira, “Abraço de Maré” de Victor Ciriaco, “O Muro é o meio” de Eudaldo Monção Júnior e “Do meu lado” de Tarcísio Lara Puiati. O UNIFEMM divulgará em breve a programação completa, com os dias, horários e locais das exibições.