Aberta temporada do UNIFEMM Solidário 2017 - Unifemm
(31) 2106 2106 | ouvidoria@unifemm.edu.br

Notícias Unifemm

Aberta temporada do UNIFEMM Solidário 2017

O Projeto UNIFEMM Solidário é fruto do desejo de alunos do curso de Direito que queriam deixar sua marca na história do Centro Universitário de Sete Lagoas - UNIFEMM e, por que não, na vida de pessoas em situação de risco social. E a iniciativa, que começou em 2013 nos corredores da Unidade Acadêmica de Ensino de Direito (UEDI), em pouco tempo ganhou a adesão de alunos de outros cursos.

O UNIFEMM Solidário se destina a ajudar as instituições beneficentes que necessitam do apoio da comunidade. Porém, no caminho do levantamento das entidades a serem contempladas, foram encontradas pessoas que necessitam, e muito, da colaboração da comunidade, como portadores de hidrocefalia, tetraplégicos e idosos em situação de extrema necessidade, pois não contam com ajuda do governo. 

Para 2017, a temporada de doações está aberta e a proposta de trabalho envolve todos os cursos com do UNIFEMM com o tema “JUNTOS PODEMOS MAIS”. 

Confira a programação da campanha:

• Arrecadação de Produtos por Curso: de 13/02/2017 a 11/12/2017
• Entrega dos Produtos às Entidades Beneficentes: a partir do dia 01/03/2017
• Realização de ações de responsabilidade social: a partir de 01/04/2017

Conheça algumas das entidades que já foram beneficiadas com as ações do projeto UNIFEMM Solidário:

  •         Núcleo do Câncer
  •         Vila Vicentina
  •         APAE
  •         Carmelo
  •         Toca de Assis
  •         SERPAF
  •         Creche São José Operário
  •         PLEC
  •         Creche Paulo de Tarso
  •         Associação dos Moradores do Bairro Monte Carlo
  •         Pastoral da Criança 

Curiosidade:

Em maio de 2015, o projeto UNIFEMM Solidário foi premiado, em segundo lugar, no Open Forum do Rotary, evento que aconteceu na cidade de Poços de Caldas. O prêmio é motivo de orgulho para a instituição, porque reflete seu compromisso com ações que envolvem a solidariedade e a convivência humana.


Quer saber mais sobre como ajudar? Clique aqui e confira o regulamento

 

 

Confira outras Notícias

A+
A
A-
PD
AC