MBA EM GESTÃO DE ÁGUAS RESIDUÁRIAS - UNIFEMM - Centro Universitário de Sete Lagoas
(31) 2106 2106 - 0800 283 0648 | ouvidoria@unifemm.edu.br

MBA EM GESTÃO DE ÁGUAS RESIDUÁRIAS

Pós-Graduacao

MBA EM GESTÃO DE ÁGUAS RESIDUÁRIAS - UNIFEMM

Coordenação

.

portalaluno@unifemm.edu.br

Curriculo Lattes

Coordenadores Unifemm
Cursos Unifemm
INSCRIÇÃO




Público Alvo

Profissionais do setor privado, de órgãos públicos e consultores, que atuam ou pretendem atuar, na área de gestão de águas residuárias.

Horário/Aulas

Aulas quinzenais: sexta-feira: das 19:00 às 22:00 sábado: das 08:30 às 17:30

Duração do Curso

400 Horas

Saiba mais sobre o curso

O MBA em Gestão de Águas Residuárias tem como objetivo capacitar os profissionais para concepção e elaboração de projetos, operação, manutenção e gestão de águas residuárias, com foco em reúso. Para isso, foi dividido em dois módulos: Básico e Específico. O primeiro visa fornecer conhecimentos essenciais para o entendimento dos processos de tratamento e elaboração de projetos.  No segundo é detalhado cada um dos sistemas de tratamento com uma abordagem mais prática, buscando-se ao final de cada disciplina a elaboração de projetos, conhecimento dos sistemas estudados por meio de visitas técnicas em indústrias da região e estudos de caso.

Local do Curso: UNIFEMM

Investimento: 24 parcelas de R$1000,00

Estrutura Curricular

Disciplinas

Módulo Básico

Economia, Meio Ambiente e Sustentabilidade

Meio ambiente. Economia do Meio Ambiente. Desenvolvimento econômico e sustentabilidade. Conceitos fundamentais. Saneamento e saúde pública. Cenário atual do saneamento no Brasil. Legislação sobre saneamento. Tecnologia e inovação industrial.

 

Noções de Direito Ambiental

Política Nacional de Meio Ambiente. Noções sobre Licenciamento Ambiental. Noções sobre Avaliação de Impactos Ambientais. Usos dos recursos hídricos. Lei 9.433/97- Política Nacional de Recursos Hídricos. Legislações federais e estaduais: classificação de cursos d’água subterrâneos e superficiais; lançamento de efluentes; reúso de águas residuárias.

 

Poluição de Recursos Hídricos e Qualidade da Água

Conceitos de poluição de recursos hídricos. Introdução sobre estudos de autodepuração de cursos d’água. Parâmetros de qualidade de água. Fundamentos de química geral. Soluções: concentração, diluição e mistura; equilíbrio químico e pH; noções de trabalho em laboratório. Aulas práticas sobre parâmetros de qualidade de águas: pH, condutividade, temperatura, cor, turbidez, alcalinidade, sólidos, DQO, DBO, nitrogênio, fósforo, metais pesados, óleos e graxas.

 

Hidrologia Aplicada

Ciclo hidrológico. Medidas de variáveis hidrológicas e meteorológicas. Noções de Meteorologia Aplicada. Evaporação. Precipitação. Águas subterrâneas e infiltração. Escoamento superficial. Método racional. Hidrograma unitário. Curva de Permanência. Regularização de vazões.

 

Hidráulica Aplicada

Condutos livres e forçados. Instalações de recalque. Escoamento em canais e condutos forçados sob regime permanente e uniforme. Hidráulica dos orifícios, vertedores, gradeamento e da trituração. Hidrometria em condutos abertos e forçados.

 

Gestão Integrada de Recursos Hídricos

Aspectos conceituais da Gestão de Recursos Hídricos. Aspectos Institucionais e Legais da Gestão de Recursos Hídricos. Processo de planejamento para a Gestão de Recursos Hídricos. Instrumento de Gestão de Recursos Hídricos.

 

Gestão de Águas na Indústria

Conceituação de despejos industriais. Prevenção à poluição. Minimização da geração despejos industriais (substituição de processos, técnicas para redução do consumo de água, redução de perdas). Educação Ambiental. Conceito de reúso de efluentes na indústria. Aproveitamento de águas de chuva.

 

Reúso de Águas Residuárias

A escassez e o reúso de água no Brasil. Reúso planejado para fins potáveis. Reúso planejado para fins não potáveis. Critérios e diretrizes nacionais e internacionais para reúso. Avaliação de riscos em reúso de água.

 

 

Disciplinas

Módulo Específico

Caracterização e Monitoramento de Águas e Efluentes

Tipologias industriais. Características e classificação dos despejos industriais. Amostragem de águas superficiais, subterrâneas e de efluentes. Avaliação quantitativa e qualitativa.

 

Ensaios de Tratabilidade

Ensaios de tratabilidade físicos, físico-químicos e biológicos: floculação, flotação, adsorção, ozonização, lodos ativados, toxidade e outros. Obtenção de parâmetros de projeto e avaliação da performance de tratamento.

 

Projeto de Estações de Tratamento de Águas Residuárias

Componentes de um projeto de estação de tratamento de águas residuárias: memorial descritivo, memorial de cálculo, plantas, planilha orçamentária, cronograma físico-financeiro, normas técnicas, anotação de responsabilidade técnica.

 

Projeto Hidráulico Aplicado às Estações de Tratamento de Águas Residuárias

Critérios de projeto. Modelos de escoamento. Estruturas de apoio operacional. Roteiro para o dimensionamento hidráulico de uma estação de tratamento de águas residuárias.

 

Tratamento de Águas Residuárias

Grau de tratamento: preliminar, primário, secundário e terciário. Tratamentos convencionais por meios físicos: gradeamento, peneiramento, equalização e separação de fases. Dimensionamento e projeto.

 

Tratamento Biológico de Águas Residuarias I

Tratamento aeróbio e anaeróbio. Princípios do tratamento biológico. Princípios da cinética de reações. Hidráulica de reatores.

 

Tratamento Biológico de Águas Residuarias II

Tratamento anaeróbio: tanque séptico; filtro anaeróbio; reator anaeróbio de fluxo ascendente (UASB). Concepção, projeto e dimensionamento. Visita técnica.

 

Tratamento Biológico de Águas Residuarias III

Tratamento aeróbio: lagoas de estabilização; lodos ativados; biodiscos; filtro biológico percolador. Concepção, projeto e dimensionamento. Visita técnica.

 

Estudo de Autodepuração de Cursos d’água

Poluição dos cursos d’água por matéria orgânica.  Aspectos ecológicos da autodepuração. Balanço de oxigênio dissolvido. Cinética de desoxigenação. Cinética de reaeração. Equações de mistura. Curva de depleção do oxigêncio dissolvido. Modelos de qualidade das águas. Obtenção de dados de entrada para o modelo Streeter e Phelps.

 

Tratamento de Águas Residuárias Industriais I

Processos convencionais de tratamentos físico-químicos: Coagulação, floculação e capacidade destes métodos na remoção de carga orgânica e poluentes específicos. Características dos principais coagulantes e floculantes utilizados no processo. Combinação do tratamento físico-químico e biológico. Concepção, projeto e dimensionamento. Visita técnica.

 

Tratamento de Águas Residuárias Industriais II

Adsorção. Troca iônica e tratamento eletroquímico. Tratamento por membranas. Tratamento de Águas Residuárias por Biorreatores com Membranas Submersas (MBRs). Processos químicos avançados.

 

Tratamento e Disposição Final do Lodo

Tratamento e destinação final de resíduos sólidos de sistemas de tratamento de efluentes. Caracterização, classificação, destino final. Geração de energia a partir do lodo de esgoto. Concepção, projeto e dimensionamento. Visita técnica.

 

Operação, Manutenção e Monitoramento de Sistemas de Tratamento de Águas Residuárias

Técnicas de operação e manutenção de unidades componentes de uma estação de tratamento de águas residuárias. Automação de sistemas. Equipamentos. Parâmetros de monitoramento. Elaboração de planos de monitoramento.

 

Projeto de Captação e Aproveitamento de Águas Pluviais

Sistema de aproveitamento de água pluvial. Aplicações da água de chuva. Concepção, projeto e dimensionamento. Normas técnicas.  Automação do sistema.

 

Inovações na Gestão de Águas Residuárias

Participar de feira de inovação tecnológica na gestão de águas residuárias.

 

Metodologia de Pesquisa Científica

Produção de trabalho técnico-científico. Orientações para elaboração de projeto final de curso. Normas técnicas.

 

Metodologia do Ensino Superior

Didática do ensino superior. Planejamento do ensino. O ensino e suas relações. Teorias do ensino. Técnicas de ensino em grupo. Técnicas de ensino individual. Recursos audiovisuais. Planejamento e programa. Avaliação.

 

 

Corpo Docente:

 

Camila Costa de Amorim

Daniel Minegatti

Denise Freitas Silva

Emanuel Manfred Freire Brandt

Fabio Jose Bianchetti

Fernando Augusto Lopes de Assunção

Fernando Augusto Moreira

Filipe Lima Dornelas

Heitor Soares Moreira

Henrique P. Barcelos

Janine França Gonçalves

Lilian Amaral de Carvalho

Luciana Machado Oliveira

Luíz Marcelo Aguiar Sans

Manuel Osvaldo Senra Álvares da Silva

Pedro Gasparini Barbosa Heller

Walcrislei Vercelli Luz

Créditos Estudantis

Crédito Estudantil UNIFEMM
INSCRIÇÃO
A+
A
A-